CINEMA PARA AS ESCOLAS – TRIÉNIO 2020 / 2022

Cine Clubes como o de Viseu perceberam que a crise de “público” do cinema não será apenas conjuntural a menos que tomem decisões importantes sobre o próprio papel que o cinema pode ter e a forma como pode actuar numa região. Incluindo as nossas escolas e o visionamento de filmes em contextos alternativos e fora das principais cidades.

São, em todo o caso, pequenos passos mas que revestem uma importância especial — projecções para várias idades, investir na descoberta de autores clássicos e sua contextualização histórica, criação
de alternativas e complementos aos currículos, contrariar condições de interioridade e isolamento da região, etc.

Em 2020, com 20 anos de actividade contínua, este é um projecto indissociável do panorama cultural regional: regista 49 mil participantes, uma abrangência geográfica singular, e apresenta-se nos vários níveis etários (desde os 3 anos de idade). O programa está estruturado para promover experiências de visionamento e reflexão (da sala de aula à sala de cinema), convocando, simultaneamente, a experimentação do cinema de animação e desconstrução desta linguagem como produto visualizado.